O caso do acaso: como conheci o ICBI e agradeço por isso

Era para ser apenas um pequeno depoimento para ajudar na reformulação do site do ICBI, mas as experiências são tão marcantes, vão além do apenas aprender a língua italiana, que alguns depoimentos rendem grandes histórias. a seguir segue uma delas, de nossa companheira Hilda Bastos, gestora de RH e eternamente aluna do Instituto.

DSC00379
Lá no meu interior, diga-se de passagem, ouvia música tocada em radiolas com aqueles discos de vinil. Eles me eram emprestados por um amigo que dizia que aqueles discos eram de músicas internacionais. Isso me parecia obvio, afinal, as músicas definitivamente não eram cantadas em português. Mas em um desses discos, uma das músicas me cativou grandemente. Sabia que era uma música em uma língua diferente, não sabia qual, mas era capaz de entender após aquela estofe de ritmo e sentimento emotivo uma palavra: Roberta.

Anos depois, cheguei ao Recife, estabeleci nova vida, novo ritmo, um novo cotidiano. Um certo sábado me deparei em casa com saudades daquelas músicas, com saudades da Roberta, que agora já sabia, era uma música italiana.

Apenas agi. Sem rumo, sai dirigindo pelas ruas da cidade e por acaso me vejo diante de uma casa, coincidentemente localizada a frente do local em que morava a tia do meu marido. Parei. Pensei, nem me demorei muito, olhei e disse a mim mesma, buscando compreensão: o que vim fazer aqui?

Desci do carro, dirigi-me à casa, adentrei e fiz o que todo matuto faz: ô de casa!

Logo aparece aquela senhora, de presença marcante, para mim um pouco mística e retorna: Boa tarde! Em que posso ajudar?

Eu sem jeito lhe pergunto: Isso aqui é o quê?

Ela responde com nova pergunta: você acha que é o quê?

Eu: não sei, pode me dizer o que é?

Então ela conclui: aqui minha flor, é o Instituto de Cultura Brasil Itália.

Foi o suficiente para querer aprender a língua e a cultura desse país maravilhoso, através da meglio professoressa della língua italiana.

E não é que acabei indo conhecer, sem medo algum de errar, claro, a terra de Roberta, da pizza, do macarrão, da Divina Comédia e tantas outras coisas maravilhosas! Ah! linda Itália.

Professoressa Cristina, la segnora é show di pala!

DSC00388 DSC00963

E você? também conhece o Instituto de Cultura Brasil Itália? tem vontade de aprender a língua, conte para nós, vamos compartilhar nossas experiência.

A dopo.

Peppino de Capri encerra o mês dos musicais no Cine Clube Brasil Italia

Nesta apresentação realizada na Suíça, em 2002, Peppino Di Capri nos brinda com o melhor de seu repertório, incluindo as clássicas e consagradas, Roberta e Champagne.Excelente para encerrar esta programação especial de férias com o melhor da musica italiana, musicos extraordinários em apresentações memoráveis. não perca.

Exta sexta, às 9h00; 17h00 e 19h00. Entrada Franca.

Mês de Férias, Mês de Festa. Cine Clube Brasil Itália apresenta Laura Pausini.


Há muito tempo os visitantes do Cine Clube Brasil Itália pede a exibição de shows e musicais italianos, nada melhor que atender esse pedido em pleno mês de férias. Abrindo este mês espcial nada melhor que exibir uma apresentação memoravel da cantora Laura Pausininesta sexta feira , dia 2 de julho no Cine Clube.

Considerada uma das melhores cantoras italianas de todos os tempos, Laura Pausini mostra que não perdeu seu “feeling puro e sincero” que a vem consagrando desde sua aparição no festival de SanRemo em 1993. Neste show, gravado ao vivo no Zenith em Paris , Laura traz seus maiores sucessos, coroando sua extraordinária “World Tour 2005”, que passou por Europa, América do Norte e América Latina, incluindo o Brasil.

Confira por que a Itália é um País referencia em cultura. Exibição às 9h00, 17h00 e 19h00. Entrada Franca.

Revista eletrônica do ICBI já está na disponível.

O Instituto de Cultura Brasil Italia conta com mais uma novidade: é a revista eletronica Ciao!

A edição número um está disponível no site da Issuu, site para publicação de conteúdo eletrônico gratuito e possui matérias sobre turismo, gastronomia, cinema, além de informações sobre as atividades do ICBI.

A publicação foi idealizada e desenvolvida por alunos Marcos Asbar e Monica Matias.

A revista será publicada em periodicidade bimestral e inicialmente apenas na internet. aguardamos já pela próxima edição.